sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Saudosista!

Eu sou muito saudosista em relação há minha infância e adolescência!

Acho que eram outros tempos e podia não ter acesso às tecnologias que existem agora, nem às facilidades, mas tinha outras coisas, na minha opinião melhores.
Por isso vou recordando esses tempos aqui, escrevendo situações que agora eram praticamente impossiveis de acontecer com as crianças de hoje em dia!
Convido-vos também a partilhar situações da vossa infância.

Eu sou do tempo em que...
Ia para a escola primária a pé com os meus amigos, a única vez que a minha mãe me foi levar foi quando fui operada!
Brincava na rua até à hora de jantar sem nenhum receio e faziamos carrinho de rolamentos para brincar.
Falava com os amigos do telefone de casa até a minha mãe resmungar por causa da conta do telefone.
Os desenho animados era fofos e instruiam.
Comia bolycaos, batatas fritas, chupas e não engordava.
O professor era uma pessoa importante e à qual deviamos respeito.
Recebia prendas só no aniversário e no Natal e era sempre uma ansiedade tão grande.
Já na adolescência fugia à minha mãe ao domingo à tarde para ir para a disco, era um pardieiro com música, mas eu fui tão feliz lá!

Tanta coisa, e vocês são do tempo do quê?

9 comentários:

Olhos Dourados disse...

Também ia sempre sozinha e vinha para a escola, andava sempre na rua a brincar com os amigos, era tão fixe!

opinião própria disse...

Eu acho que sou do mesmo tempo...

pepita chocolate disse...

Partilho dessas recordações. As minhas reordações são semelhantes. Os miúdos hoje não têm nada disso para contar. quando muito, mostram os seus conhecimentos dos jogos informáticos e das novas tecnologias, o último grito em sapatilhas e estão cada vez mais surdos, já que passam o tempo todo de fones nos ouvidos.

Beijoca!

Lebasiana disse...

eu tambem sou desse tempo! e... sabes... respirava-se muito melhor...

jocas

Isa disse...

Gostava de dar uma infância assim a um filho meu, mas parece que é cada vez mais dificil!

Sara disse...

Eu sou do tempo em que se faziam galheiros no Carnaval e no Verão faziamos casas com todo o tipo de coisas. Lembro-me de uma que até tinha luz para podermos ver de noite...
É claro que era estritamente proibida a antrada de adultos!
Bons tempos...

dinona disse...

Ouve lá, tu não me digas que também eras viciada em Bollicaos???
Eu ainda hoje em dia o sou, toda a gente gostava era do Chipicau ou lá o que era, e eu sempre fui fiel ao Bollicao.

Eu acho que hoje os miudos não são tão felizes como nós eramos na altura... não precisavamos de luxos para nos sentirmos completos, agora sem isso eles sentem-se uns frustrados, não entendo.

MagicWoman disse...

OLá,

miminho para ti no meu blog! bjs

Isa disse...

Sara nós também faziamos casas com galhas de mimosas, tinha divisões e tudo... eheheh Uma vez tentamos fazer uma casa em cima de uma arvore, mas não correu muito bem!

dinona eu adorada bolicaos, tb nunca gostei das variantes que surgiram dos bollicaos, mas hoje em dia até não como muitos, mas quando como é bolicao.