sábado, 20 de fevereiro de 2010

O primeio amor...




Hoje, ao ler um blog fiquei inspirada para falar do primeiro amor...


Acho que todo o mundo se deve lembrar dele, mas a algumas pessoas marca mais que outras! Algumas pessoas apenas experimentam o sentimento e nunca acontece nada realmente com essa pessoa!

Eu lembra-me bem do meu, mais velho que eu (sempre gostei deles mais velhos, eheheh), o tipico rapaz lindo e popular lá da escola. Nunca tinha coragem de falar para ele, mas cada vez que o via o coração acelarava, via-o a sair do autocarro e pensava em como seria bom se ele reparasse em mim... Tinha talvez os meu doze anos!

O tempo passou e com 15 anos, quando comecei a sair com os amigos, voltei a encontra-lo. Lindo como sempre. Começou a repara em mim nessa altura... Depois de muitos encontros e desencontros começamos a namorar!

Do alto dos meus 15 anos era a pessoa mais feliz do mundo e achava que ia ser amor para toda a vida, iamos casar e ter filhos. Do alto dos meus 15 anos sofri a minha primeira traição, sofri o meu primeiro grande desgosto de amor. Não durou muito o namoro, uns dois meses. Mas foi um amor vivido com muita intensidade.

Fui crescendo, fui tendo outros namorados, fui tendo as curtes próprias da adolescencia, mas sempre que o via, ele afectava-me muito, as borboletas voltavam e os olhos brilhavam. Muitas vezes ele tentou coisas comigo, mesmo assim recusei sempre, sabia que dali nunca ia ter nada além de sofrimento.

Eis que conheço o "L", construimos o nosso amor e casamos. Somos felizes e amamo-nos, continuo a dar-me bem com o meu primeiro amor, mas agora as borboletas e o brilho nos olhos são para o "L".

Dou-me bem com o meu primeiro amor o "L" também, foi ao nosso casamento, lamentou-se por não ser ele a estar no lugar do "L" e por eu não lhe ter dado uma segunda opurtunidade. Eu estou muito feliz por isso senão não tinha conhecido o meu "não primeiro, mas verdadeiro amor".

E vocês guardam boas recordações do primeiro amor?

5 comentários:

Deboraah13 disse...

E muito bom..ver se depois de tanta coisa a amizade perdura!
Eu tambem guardo boas recordacoes do meu primeiro amor..e ainda hoje nos falamos, somos amigos, embora a distancia seje grande, quando nos encontramos e bom de nos vermos!
Bom fim de semana querida.

Atena disse...

Sinceramente não guardo la muitas boas recordaçoes...traiçoes mais traiçoes mais mentiras etc....

Horrivel!!!

LooooL


Bjito*

siceramente disse...

Do meu primeiro amor lembro-me que já curtíamos, mas resolvi pedir em namoro, depois de aceite fomos comprar gelados, estava tão nervoso que as moedas me caíram todas da mão de tanto que tremia.

Olhos Dourados disse...

Também tenho boas recordações do primerio amor.

Adri disse...

Eu também tive um primeiro amor... o meu príncipe encantado aos 14 anos, a vida separou-nos... encontramo-nos passados 12 anos e infelizmente descobrimos que o tempo não apagou a chama... o meu primeiro amor tornou-se agora num amor impossível! :(